Opinião

Carlos Matias

O populismo também é incendiário

O populismo insinua-se na análise das causas e das soluções para os incêndios rurais; simplifica o que é complexo, apontando uns quantos “culpados”, apregoa umas receitas de cartilha, elide os interesses em confronto e foge à definição concreta do conteúdo das “reformas” por fazer. Ora, aqui é que “bate o ponto”….

José Manuel Pureza

Uma nova respiração

Há movimento social em Portugal. A manifestação de jovens na Avenida da Liberdade contra a violência racista, a greve feminista e a greve estudantil pelo clima mostram essa nova vitalidade do movimento social, a sua criatividade propositiva e a sua determinação transformadora. E, mais que tudo, têm a força irreprimível da juventude.

Francisco Cordeiro

Vida ou lucro?

A polémica sobre a Celtejo foi-se diluindo com o tempo, mas os problemas de poluição no rio Tejo têm persistido.

 

Resoluções Mesa Nacional

O Bloco de Esquerda visitou este sábado o Centro de Apoio Social da Carregueira, Chamusca, para conhecer melhor a questão do envelhecimento da população, o despovoamento das zonas mais rurais e do interior do distrito mas também o trabalho positivo, voluntário e solidário de muitas pessoas. Fabíola Cardoso, que esteve acompanhada do mandatário Eduardo Jorge, do 2º candidato Roberto Barata, do sindicalista Manuel Borrego entre outros candidatos, afirmou que falar de despovoamento é falar de emprego. Os salários baixos e a precariedade estão muito presentes em particular nas grandes superfícies comerciais; muitas das grandes indústrias faliram e grandes empresas de serviços públicos foram privatizadas e encerraram instalações.

Em comunicado de imprensa, o Bloco “saúda as e os cidadãos que, no dia 23 de agosto, realizaram o primeiro protesto anti touradas no Cartaxo” e considera que “a iniciativa cidadã tem um papel fundamental na construção e transformação positiva das mentalidades”.

Eduardo Jorge, mandatário distrital entregou esta segunda-feira, pelas 10h no tribunal em Santarém a lista do Bloco de Esquerda, candidata às eleições legislativas por Santarém, tendo sido acompanhado no processo pela cabeça de lista Fabíola Cardoso que apresentou também à comunicação social uma proposta de criação da Autoridade Nacional da Água.

A mobilização e o entusiasmo marcaram a apresentação da lista do Bloco, esta sexta-feira, em Santarém.

Fabíola Cardoso, cabeça de lista do Bloco, “evidenciou o empenho do partido no combate aos problemas ambientais, nomeadamente à poluição dos recursos hídricos, do solo, do ar…” tema fundamental no distrito. A apresentação da lista foi precedida de uma visita a Mação, concelho brutalmente castigado pelos incêndios.

Decorrerá na próxima sexta-feira, 9 de agosto, pelas 19h, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, em Santarém, a apresentação da lista de candidatos e candidatas do Bloco de Esquerda pelo circulo de Santarém às eleições para a Assembleia da Republica.

O Bloco de Esquerda, através dos Deputados Carlos Matias e Heitor de Sousa, vem questionar o governo sobre a pertinência do encerramento da EN114, em Santarém durante 5 anos, num processo que se continua a arrastar, com claro prejuízo dos muitos utilizadores regulares, sem que se saiba se as obras da responsabilidade das Infraestruturas de Portugal estão ou não concluídas.

Páginas